Blog - Página 2 de 14 - Mercado Central de Belo Horizonte

11855858_870123153067723_435615731448635773_n

ESPECIAL DE PAI PARA FILHO

Todo mundo sabe que o Mercado Central é cheio de histórias, afinal, são 87 anos de muita vivência. Especialmente nesta semana de comemoração ao Dia dos Pais, vamos compartilhar depoimentos de comerciantes que traçaram com muito orgulho o caminho de suas vidas e de suas famílias no Mercado, deixando um legado de amor, respeito e gratidão.

E uma dessas histórias marcantes é a do seu Itamar Gomes de Oliveira, dono da Loja do Itamar. Com 34 anos de Mercado, iniciou seu negócio com venda de frutas, mas logo depois abriu a loja no ramo de laticínios que está até hoje. Pai zeloso e protetor, ama ter os filhos por perto, para ele a família é tudo, “meu sonho é que todos os meus filhos trabalhassem comigo. Dois estão aqui, mas o terceiro foi embora pra Brasília. Eu tenho vontade que um dia ele volte pra cá pra trabalhar com a gente, a família inteira,” segundo ele.

Seu Itamar conta com a ajuda dos seus dois filhos, Rodrigo e Luiz Gustavo. Para eles um dos valores mais importantes que o seu pai ensinou, é honrar o se que fala. “Você precisa seguir aquilo que você faz e diz. A gente não pode simplesmente ser uma coisa num dia e no outro ser totalmente diferente. Meu pai é muito correto com as coisas dele, então a gente tenta seguir. Somos gratos a ele, tudo que nossa família tem é graças a ele e a gente tem muito orgulho de seguir seus passos e por tudo que viveu, ” fala Luiz Gustavo, o caçula que trabalha com o pai há 11 anos.

Outra história é do português José Antônio Monteiro, conhecido por todos como seu Monteiro, e está no Mercado Central há 57 anos. Chegou numa época que nem telhado tinha, o chão era de terra batido e para sua satisfação participou da passeata dos comerciantes de arrematação do Mercado, em 1964. Ainda bem jovem, começou com uma loja também de frutas e atualmente possui a loja Biscoitos Monteiro. Desde então, tem construído a sua trajetória deixando um legado para toda a sua família. “Vim pra cá eu era solteiro e hoje tenho até bisnetos. Aí você imagina, uma vida inteira, né? ” ele disse.

O apoio de sua família sempre foi essencial e desde pequeno trazia seus filhos para lhe ajudar e hoje, um deles possui a sua própria loja. Além da colaboração dos filhos, seu neto Murilo trabalhou um bom tempo com o avô e agora trabalha com o pai, e afirma que o maior aprendizado que recebeu foi o valor da honestidade: “aprendi isso, a honestidade. Os dois tem essa característica sobre a honestidade.” E expressa ainda todo seu orgulho em contribuir e fazer parte do comércio da família no Mercado: “eu gostaria de agradecer aos dois por deixar esse legado pra gente. Queria dizer que eu tenho muito orgulho deles. Não é da boca pra fora! Eu sei que não é fácil aguentar essa rotina do Mercado. É realmente fora do padrão. Aqui não para nunca! ”

Esses depoimentos fazem parte da série especial #DePaiPraFilho. Você pode conferir as histórias das famílias que ajudaram a construir o nosso Mercado na nossa página do Facebook.