Blog - Mercado Central de Belo Horizonte

aniversario-87-anos

GENTE QUE FAZ: OS COMERCIANTES

O Mercado Central de Belo Horizonte completa neste mês 87 anos. Há oito décadas compartilha histórias e abaixo os comerciantes descrevem a importância por fazerem parte do 3º Melhor Mercado do Mundo.

Noé José da Silva, conhecido como Noé da loja “Queijaria do Noé”, está no Mercado há 39 anos. Sua história com o Mercado começou com frutas, mas há dezoito anos ele trabalha com queijos e doces. “Minha maior alegria é estar no Mercado Central. Aqui a gente é uma família. Trabalho com meu filho e desejo que o Mercado continue cada dia mais bonito”.

José Antunes Moreira (Zezinho), há 43 anos começava sua história no Mercado Central junto com o pai, com quem trabalhou por 23 anos. Hoje, ele e sua filha trabalham na loja “Temporana Frutas Exóticas” no segmento de frutas exóticas, abacaxi e caldo de cana. “Fico lisonjeado por pertencer ao Mercado Central. Aqui o que você procura acha. Espero que o Mercado continue dando frutos como tem dado”.

Pretinha tem mais de 30 anos de Mercado Central. Mãe e avó, aqui ela namorou, casou e construiu sua família tirando sustento da venda de suas verduras frescas e de qualidade na Loja da Pretinha. “Eu estar no Mercado que completa 87 anos é uma glória, não tenho nada do que me queixar. Daqui tirei meu sustento e eduquei minhas duas meninas, dei a elas educação e vou seguindo minha vida. Desejo que o Mercado tenha sempre união, aqui é nossa casa, aqui estão os meus amigos”.

Gostoso é Viver no Mercado! Acompanhe nossas redes sociais.